Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

O regresso das más traduções

Capa do livro This Be Book of Bad Translation, Video Games!

 

Há muito tempo atrás, mais precisamente a seguir à crise de 1983, os videojogos eram praticamente um sinónimo de Japão. Era de lá que vinham as consolas e os jogos mais emblemáticos. E com uma cultura e uma língua tão diferentes vinham também os erros de tradução.

 

É verdade que erros de tradução sempre existiram e sempre existirão. Basta ver televisão durante um bocado para dar com pequenas "pérolas" nas legendas de todo o tipo de programas e filmes.

 

Um exemplo (recente) que me ficou gravado na memória foi o Han Solo a explicar ao Jabba porque é que tinha deitado fora todo o carregamento de contrabando que transportava: "Até eu me aborreço às vezes." Se a explicação de Han Solo não vos convence, isso é porque o que ele disse na verdade foi "Even I get boarded sometimes." Ou seja, "Até eu sou abordado [pelas autoridades] às vezes."

 

Mas isso não é nada comparado com o que se fazia em alguns videojogos na altura. Havia traduções para Inglês claramente feitas por pessoas que não tinham o mínimo de domínio sobre o idioma. Algumas chegaram ao estatuto de lenda, tais como "All your base are belong to us" ou "A winner is you".

 

Era quase uma nova língua, percebida apenas por um reduzido grupo de pessoas. Algo que existia num plano alternativo, entre o calão e o Klingon.

 

E porquê falar sobre isto agora?

 

Porque acaba de ser lançado um livro dedicado ao tema. Com o apropriado título "This be book bad translation, video games!" (algo como "Este ser livro má tradução, videojogos!"), esta obra da autoria de Clyde Mandelin e Tony Kuchar não só mostra dezenas de exemplos como explora mais em detalhe tudo o que se esconde por trás deste fenómeno.

 

 

E, quem sabe, talvez daqui por umas décadas estejamos a falar sobre as fantásticas traduções automáticas de alguns jogos de telemóvel atuais. E nem estou a falar das descrições nas lojas de apps. Há frases como esta em muitos jogos atuais:

 

Tradução num jogo mobile

 

E vocês? Lembram-se de alguma frase mal traduzida de que gostem particularmente? Partilhem nos comentários.

publicado às 18:08

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    nabo em línguas 11.07.2017 14:31

    Ó anónimo, és um exagerado. Há muito anónimo, tal como há muitos anónimos, tal como há muito tempo (no futuro, obviamente) para desancar nos anónimos, tal como há muito (tempo - e é para trás) que desanco nos anónimos. É claro que eu não percebo nada de português. Isso é mais reservado para ti, anónimo. Eu sou um nabo em línguas. É só português e estrangeiro. Bah! A expressão não tem nada que se lhe diga. Bem pior que pôr em causa a expressão, admite lá, ó anónimo, é dizer que a expressão é pior do que traduzir erradamente. Ora vai-me à loja e traz lá cinco quilinhos de batatas na boina.
  • Sem imagem de perfil

    outro anónimo 11.07.2017 15:28

    "Há muito tempo atrás" acaba por ser um redundância porque se foi há muito tempo, só pode ter sido para trás, passado.

    Se calhar "Haverá muito tempo" para esta troca.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.11.2017 17:52

    Mas a redundância é uma figura de estilo, eu mesma a uso por vezes :)

    Haverá muito tempo ou há muito tempo para tal, ambas correctas estão... ah, verão: temos o futuro, erudito e formal, e o presente usado como tal. Vão usar ou irão usar qual, outro anónimo et al?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.11.2017 17:52

    E como não vi onde colocar nome, assino por baixo :)
    Sarin
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.