Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Consola de cartão ou pepita de ouro?

Nintendo Labo pode parecer uma ideia descabida, mas a maioria das pessoas não está a ver o potencial enorme que se esconde neste conceito.

 

Piano construído com o Nintendo Labo

 

É motivo de chacota um pouco por todo o lado, entre gamers e também entre meros curiosos. O próximo grande lançamento da Nintendo é... cartão.

 

Sim, cartão de papel. Daquele usado para embalar as mais variadas coisas.

 

Mais precisamente, é um conjunto de jogos que inclui uma série de acessórios de cartão que o jogador deve destacar, dobrar e montar para depois jogar. Com a ajuda de alguns elásticos e cordéis conseguem-se coisas muito interessantes. Podem ver o conceito em ação no vídeo de apresentação da Nintendo:

 

 

Mas as críticas são muitas: o preço é elevado (70€ para o Kit Sortido e 80€ para o Kit Robô), o cartão é frágil e por isso vai-se estragar num instante, os jogos são básicos...

 

Será mesmo assim?

 

O preço pode de facto parecer elevado e afastar alguns potenciais compradores, mas eu disse o mesmo sobre o preço da Switch e as vendas foram um sucesso.

 

Quanto à fragilidade do cartão é que já discordo. Não é por acaso que a maioria dos produtos são embalados e transportados em caixas de cartão: é um material bastante resistente e suficientemente flexível para resistir a uns bons amassos. O plástico pode parecer mais rijo e durável, mas a verdade é que facilmente parte ou dobra. E quem já experimentou o Nintendo Labo diz que o cartão usado é resistente e adequado.

 

Obviamente que todo o parágrafo anterior deve ser ignorado por quem tem gatos.

 

Quanto aos jogos serem básicos...

 

É aqui que a maioria das pessoas está a ver mal a coisa. E é um erro perfeitamente aceitável. É que a Nintendo quase que escondeu o verdadeiro valor do Nintendo Labo.

 

Isto não é um pequeno conjunto de jogos simples com acessórios de cartão. Isso é só a introdução ao conceito. Discretamente, no meio dos vários mini-jogos do Nintendo Labo, está o modo "Toy-Con Garage". E é aí que as coisas se tornam interessantes.

 

O modo "garagem" é nada menos que uma interface visual e simples que permite programar as ações e reações dos comandos e do ecrã da consola. E as opções são muitas. Os comandos da Switch não têm apenas botões, têm também acelerómetros, microfone, sensor de infravermelhos e muito mais.

 

Quando aliamos esta panóplia de opções e a possibilidade de as programar de forma simples com a manuseabilidade do cartão, temos uma plataforma que nos permite construir todo o tipo de maquinetas, brinquedos e jogos que conseguirmos imaginar. É esse o foco dos vídeos mais recentes da Nintendo:

 

 

É por isso que os acessórios do Nintendo Labo são de cartão. É para ser fácil acrescentar, reconstruir ou criar algo de novo, praticamente sem custos ou dificuldade.

 

O surgimento recente das impressoras 3D permitiu o desenvolvimento de uma comunidade "maker": inventores que agora facilmente podem prototipar as suas criações em formato físico. Mas o cartão já era usado antes disso. A própria Nintendo usou cartão para alguns protótipos da Wii U e a Google usou o mesmo conceito para o seu primeiro visor de realidade virtual, para além de estar atualmente a vender alguns produtos de cartão. É muito mais barato e acessível que uma impressora 3D.

 

Protótipo de cartão da Nintendo Wii U (fonte: Gamasutra.com)

 

E não custa imaginar que rapidamente surjam comunidades online de pessoas a partilhar ideias, projetos e planos para imprimir e recortar novas peças e criar novas construções.

 

Tudo isto é uma excelente plataforma para pôr crianças e adultos a "aprender a construir". Uma evolução natural do "aprender a programar", que devia ser para todos.

 

Resta saber se todo este potencial se vai concretizar. O Nintendo Labo pode acabar por ser uma moda passageira. Nem sequer é a primeira "plataforma" do género. A Lego tem a sua linha Mindstorms e muitas outras marcas têm ofertas mais ou menos parecidas.

 

Mas o potencial está lá. E de uma forma extremamente simples e acessível. Desse ponto de vista é possivelmente o melhor produto do género que conheço. E merece no mínimo a nossa atenção.

publicado às 10:27

Melhores trailers de jogos de 2018: Março

Imagem de Super Smash Bros. para a Nintendo Switch

 

Um trailer pode ser uma pequena obra de arte. E é por isso que, ao longo do ano, vou colecionar alguns dos melhores trailers que vão sendo lançados todos os meses pelas editoras de videojogos e partilhá-los convosco. Eis os meus preferidos de março.

 

Este mês atrasei-me um pouco, mas eis a lista que já tinha publicado no SAPO Vídeos. Tem algumas boas malhas, com particular ênfase na animação. Ora vejam:

 

 

10- Bad North - trailer de apresentação

 

É um jogo (aparentemente) simples mas o estilo visual tem um charme deslumbrante.

 

 

 

9- V-Rally 4 - trailer de apresentação

 

Um trailer à base de momentos bem escolhidos distingue este trailer dos inúmeros outros trailers de jogos de carros.

 

 

 

8- Extinction - trailer da história

 

Lutar com monstros gigantescos é o mote deste jogo e o trailer explora bem o conceito, seja com imagens de jogo seja com animações 2D de qualidade.

 

 

 

7- Way To The Woods - trailer de apresentação

 

Fiquem a conhecer um jogo diferente e estranhamente fascinante.

 

 

 

6- Mark of the Ninja Remastered - trailer de apresentação

 

É mais um jogo das gerações anteriores de consolas a ter direito a uma reedição moderna. Mas este trailer é um mimo...

 

 

 

5- 9 Monkeys of Shaolin - trailer de apresentação

 

Mais uma animação fantástica, mas o melhor de tudo é que o estilo visual da animação é transposto de forma fantástica para o próprio jogo.

 

 

 

4- Far Cry 5 - trailer do Boomer

 

A possibilidade de ter o apoio de um amigo de quatro patas no jogo é um sucesso. Mas este trailer lembra-nos de não descurar os amigos de quatro patas de carne e osso.

 

 

 

3- LEGO The Incredibles - trailer de apresentação

 

É mais um franchise a ter direito a uma versão em videojogo Lego, mas o resultado é sempre fascinante. É a magia Lego em ação.

 

 

 

2- God of War - Trailer "Flecha"

 

A relação entre pai e filho vai ser o ponto forte deste novo God of War. Este trailer mostra mais uma vez porquê.

 

 

 

1- Super Smash Bros. para a Nintendo Switch - trailer de apresentação

 

Foi um dos anúncios surpresa da Nintendo e o trailer mostrado na altura é realmente genial. A não perder.

 

 

 

E vocês? Houve algum trailer em março de que tenham gostado e que não esteja na lista? Partilhem nos comentários.

 

Também podem rever a lista de melhores trailers de fevereiro.

publicado às 15:08

Melhores trailers de jogos de 2018: Fevereiro

Imagem promocional de Mutant Year Zero

 

Um trailer pode ser uma pequena obra de arte. E é por isso que, ao longo do ano, vou colecionar alguns dos melhores trailers que vão sendo lançados todos os meses pelas editoras de videojogos e partilhá-los convosco. Eis os meus preferidos de fevereiro.

 

A indústria dos videojogos começa a ganhar tração depois de um janeiro calmo. Há novos jogos a serem anunciados e novos trailers para os lançamentos mais próximos. Ora vejam:

 

 

10- Tera - trailer da Beta aberta em consolas

 

O popular MMO vai chegar às consolas, com uma fase de testes aberta a todos. E há sempre uma beleza inegável nas suas paisagens e criaturas de fantasia.

 

 

 

9- Gravel - trailer de lançamento

 

A poeira até salta para fora da televisão no trailer deste novo jogo de corridas.

 

 

 

8- Final Fantasy XII: The Zodiac Age - trailer da versão PC

 

O já velhinho FF XII chega aos PCs em versão renovada. E o seu brilho visual continua a impressionar.

 

 

 

7- Jettomero: Hero of the Universe - trailer

 

Um robô quer ajudar a defender vários planetas. Só que é um robô gigante e acaba por destruir mais do que proteger.

 

 

 

6- Shadow of War - trailer da expansão Blade of Galadriel

 

Galadriel é a estrela da nova expansão de conteúdos para o jogo baseado na saga Senhor dos Anéis.

 

 

 

5- Kingdom Come: Deliverance - trailer "A Blacksmith's Tale"

 

A vida medieval é o foco deste novo RPG recentemente lançado. E é retratada com brutal realismo.

 

 

 

4- Pokémon Go - trailer "Criaturas fantásticas descobertas por todo o planeta!"

 

O título segue a pior tradição do "click bait", mas este novo trailer do Pokémon Go é fantástico! O vídeo é realizado num estilo de documentário sobre vida selvagem. Mas o que o torna mesmo excelente é a narração do incomparável Stephen Fry.

 

 

 

3- Battlefield 1: Apocalypse - trailer oficial

 

A nova expansão para Battlefield 1 já tem trailer.

 

 

 

2- Far Cry 5 - trailer "Batismo"

 

Far Cry 5 tem um novo trailer, desta vez em imagem real. E é fantástico!

 

 

 

1- Mutant Year Zero: Road to Eden - trailer de revelação

 

O trailer deste novo jogo é uma bela surpresa. Um homem-javali, um pato-homem e uma mulher que é mais do que aparenta... A não perder!

 

 

 

E vocês? Houve algum trailer em fevereiro de que tenham gostado e que não esteja na lista? Partilhem nos comentários.

 

Também podem rever a lista de melhores trailers de janeiro.

publicado às 16:33

O melhor filme de sempre baseado num videojogo

Logotipo de Papers Please

 

Um bom filme baseado num videojogo é uma espécia de criatura mitológica: nunca niguém viu um.

 

Há casos de sucesso, é verdade. O melhor exemplo é a saga Resident Evil, com Milla Jovovich, que já vai em seis longas-metragens.

 

E também há grandes produções, de qualidade e com excelentes atores, mas sem chegarem a ser realmente excelentes. Foram exemplos recentes Warcraft, de Duncan Jones, e Assassin's Creed, protagonizado por Michael Fassbender.

 

Mas esta semana assisti àquele que é para mim o melhor filme de sempre baseado num videojogo. Falo de Papers, Please.

 

Imagem promocional de Papers, Please

 

É uma curta-metragem de uma produtora russa. O jogo em que se baseia consiste em verificar os documentos de pessoas que pretendem passar um posto fronteiriço. E dito assim não parece sequer possível que saia algo de interessante.

 

Mas apesar da premissa do jogo se basear em burocracia, há um sem fim de dramas humanos por trás de cada cidadão que tenta passar a fronteira. E também por trás do inspetor, encarregue de decidir se alguém pode ou não passar e dividido entre cumprir o seu dever face a um regime opressivo ou aceitar subornos que lhe permitirão melhorar um pouco as condições de vida da sua família.

 

O filme capta na perfeição essas nuances do jogo. É simples, mas sem mácula, roçando a excelência.

 

E o melhor de tudo é que pode ser visto gratuitamente e está legendado em Português (do Brasil, mas Português).

 

Está disponível à borla no Youtube e na loja online Steam. Não percam!

publicado às 12:01

A Barbie Lara Croft

Imagem da Barbie Tomb Raider

 

As personagens não têm nada a ver uma com a outra, mas a Mattel lançou mesmo uma nova boneca Barbie Tomb Raider.

 

A nova boneca é descrita pela marca como sendo um artigo de colecionador e inclui braços e pernas articulados, ao contrário da boneca Barbie normal. E de resto é em tudo idêntica à Lara Croft dos videojogos e do novo filme com Alicia Vikander, que estreia a 15 de março. Até as ligaduras no braço e perna e a picareta estão incluídas.

 

 

A personalidade combativa da Lara Croft é diametralmente oposta à da Barbie, mesmo considerando os esforços recentes da Mattel em mostrar a Barbie como símbolo do poder feminino e inspiradora para as raparigas mais novas seguirem os seus sonhos, quaisquer que sejam. Esforços nem sempre bem sucedidos, mas cada vez mais eficazes, e esta nova Barbie é um bom novo passo nesse sentido.

 

Apesar da surpresa que esta nova boneca possa causar, este é apenas mais uma entrada na série "signature" da marca, onde já figuram Barbies inspiradas na Mulher Maravilha, entre outras personagens famosas.

 

A Barbie Tomb Raider está à venda na loja online da Barbie por 29,99$.

publicado às 14:22

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.