Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Os Óscares dos videojogos estão de volta

Imagem do troféu dos The Game Awards

 

Esta semana são entregues os The Game Awards. Uma espécie de "Óscares dos videojogos", sobre a qual já escrevi no ano passado.

 

Não faz sentido estar a repetir uma descrição do que é esta cerimónia e de como se destaca das restantes. Se não a conhecem basta lerem o meu texto anterior.

 

Mas então porquê voltar a falar no tema?

 

A edição deste ano conta com algumas alterações de fundo. E são alterações que espelham bem a forma como a indústria dos videojogos tem evoluído recentemente. Não são apenas alterações desejadas, são alterações necessárias. Uma adaptação à realidade atual dos videojogos, que é cada vez mais diferente do simples lançar de novos títulos para as lojas.

 

E que alterações são essas?

 

O próprio criador do evento diz em entrevista à Rolling Stone que tem tentado criar uma cerimónia de Óscares para os videojogos. Mas, por outro lado, os videojogos têm as suas particularidades e o formato de eleger uma lista de melhores títulos de um determinado ano não funciona bem com os videojogos.

 

O melhor exemplo que se pode dar: Nos videojogos o jogador é uma parte integrante e ativa da experiência. O jogador não se limita a ver e ouvir. É o jogador que faz o jogo "andar". É o jogador que dá sentido ao jogo. E por esse motivo os The Game Awards incluem um prémio para um jogador influente ou que se tenha destacado de alguma forma.

 

Mas há outras particularidades. E outro bom exemplo a dar.

 

Um dos jogos mais jogados e mais aclamados deste ano é o Playerunknown's Battlegrounds (geralmente abreviado para PUBG). Será certamente candidato a um prémio. Só que... PUBG ainda não foi oficialmente "lançado".

 

Como é isto possível?

 

Simples. PUBG tem estado a ser desenvolvido num modelo "Early Access" (acesso antecipado). O jogo ainda está em desenvolvimento mas os interessados podem pagar para ter acesso antecipado e irem jogando o jogo à medida que vai sendo desenvolvido.

 

O lançamento oficial de PUBG está previsto para a próxima semana (já depois da cerimónia dos The Game Awards), mas no limite podem existir jogos que nunca chegam a ter um lançamento oficial. E por isso as regras têm de ser adaptadas para poderem incluir jogos que estejam nessa situação.

 

E o caso oposto também se aplica.

 

Um jogo pode já ter saído há vários anos e continuar a receber novos conteúdos e/ou novas funcionalidades, ou simplesmente continuar a ser muito relevante para a indústria e para os jogadores. Há muitos exemplos de jogos que continuam a ser atualizados e que continuam a ser jogados por muitos e vendidos em quantidade.

 

Talvez não tenham noção mas o GTA V, que foi lançado originalmente em 2013, foi uma presença constante no top 10 de vendas um pouco por todo o mundo em 2017. Quatro anos depois do seu lançamento.

 

E, portanto, os The Game Awards deste ano vão incluir um prémio para "melhor jogo ainda em desenvolvimento" e outro para "melhor jogo em desenvolvimento contínuo".

 

Uma outra novidade que merece destaque é uma série de prémios para projetos de estudantes.

 

Há muitos bons jogos a serem desenvolvidos em escolas e universidades. Puxando a brasa à nossa sardinha, ainda recentemente o jogo Obscuria, desenvolvido por alunos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, ganhou o Nordic Game Discover Contest.

 

E tudo isto é um reflexo das muitas realidades da indústria dos videojogos e das suas particularidades. Sobretudo, é bom ver que os The Game Awards estão a mudar de acordo com a evolução e riqueza da indústria que querem representar, em vez de ficarem colados aos paradigmas de outras cerimónias.

 

A cerimónia dos The Game Awards decorre na noite de quinta para sexta-feira, à 1:30h da manhã. Podem assistir ao evento online em múltiplas plataformas.

publicado às 17:12

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.