Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

O criador de jogos invisível

The Game Awards. Uma cerimónia ao estilo de Óscares dos videojogos, que se realizou a 3 de dezembro em Los Angeles. A certa altura sobem ao palco Chris Roberts e "O" Mark Hamill para apresentarem os nomeados a Melhor Jogo de Ação/Aventura.

 

 

Roberts e Hamill estão a trabalhar juntos no jogo Star Citizen, mas já têm uma longa história de trabalhos em conjunto. Hamill também já ganhou vários prémios pela sua interpretação do Joker nos jogos de Batman. O homem é mesmo genial e não vive só do seu papel em Star Wars.

 

E o prémio vai para...

 

Metal Gear Solid V, o último capítulo da saga criada pelo genial Hideo Kojima. Já falei no jogo há tempos. Sobe ao palco para receber o prémio Kiefer Sutherland, que deu a voz à personagem principal.

 

 

Mas... E onde está Hideo Kojima? Não apareceu? Nem parece dele. O apresentador do evento, Geoff Keighley, explica:

 

 

Kojima não foi receber o prémio porque a Konami, editora do jogo, não deixa. Porque é que não deixa ninguém ainda conseguiu perceber, mas desde há alguns meses que é claro que a relação entre a editora e Kojima não vai bem.

 

Em março a Konami removeu o nome do criador do site de Metal Gear Solid e alterou o nome da empresa Kojima Productions Los Angeles para Konami Los Angeles Studio. Já depois do lançamento do jogo surgiram notícias que Kojima já não trabalhava para a Konami, incluindo fotos da sua festa de despedida. A Konami desmentiu, dizendo que Kojima ainda era funcionário da empresa e estava apenas de férias. Até houve quem o comparasse ao gato de Schrödinger: Kojima, simultaneamente, estava e não estava a trabalhar para a Konami.

 

 

Toda esta situação é difícil de entender. Uma coisa é uma editora de renome zangar-se com um funcionário e não querer envolvê-lo mais nos assuntos da empresa. Mas Kojima não é um mero funcionário: é um dos mais famosos e aclamados criadores de videojogos, com inúmeros prémios e sucessos de vendas no seu currículo. Isto é o equivalente a um estúdio de cinema impedir que Steven Spielberg vá receber um Óscar. No mínimo causa má imagem, sobretudo quando não parece haver nenhum motivo para essa proibição.

 

A Konami parece querer fazer de conta que Kojima não existe, mas milhões de jogadores, fãs e profissionais da indústria nunca irão apagá-lo da memória. Mesmo que o quisessem fazer não conseguiriam.

 

E Kojima nem sequer é o único pedaço de história dos videojogos que a Konami tenta fazer desaparecer.

 

No ano passado foi lançada uma demonstração de um novo jogo de terror da Konami, ainda em produção, apenas com o título "P.T." (de "Playable Teaser"). Quando os jogadores finalmente conseguiam resolver todos os enigmas dessa amostra era revelado que este jogo era uma sequela da saga Silent Hill, produzida por Kojima e pelo realizador de cinema Guillermo del Toro. O protagonista principal seria nem mais nem menos que Norman Reedus, da série The Walking Dead. Esta mera "demo" tornou-se de imediato um objeto de culto, um projeto com sucesso praticamente garantido. Mas em abril deste ano a Konami cancelou o projeto sem dar explicações. Um mês depois foi mais além e apagou o Playable Teaser da loja online da PlayStation, o único sítio onde era possível obter a demonstração.

 

A Konami parece decidida a apagar a sua história. E nem sequer são os seus erros, mas sim os seus sucessos. Talvez nem nunca venhamos a perceber porquê. Resta esperar que Kojima deixe em breve de ser funcionário da Konami e possa voltar a brindar-nos com novos jogos.

 

Em jeito de "até já", fiquem com a homenagem feita a Kojima nos The Game Awards. É a interpretação de um dos temas da banda sonora de Metal Gear Solid V - "Quiet's Theme" - pela atriz Stephanie Joosten. É o tema dedicado à personagem Quiet, uma franco-atiradora que no jogo, nem de propósito, tem a particularidade de não falar e de conseguir ficar invisível.

 

 

publicado às 18:46

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.