Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

O amor está no ar... e nos videojogos

É o dia de São Valentim. Dos Namorados. O Amor é o tema um pouco por todo o lado. Há corações cor-de-rosa nas montras e ciclos de cinema romântico na TV.

 

E jogos românticos?

 

Claro que há. Há todo um género de visual novels (histórias em formato de videojogo), com temáticas mais ou menos românticas, e os chamados dating-sims (simuladores de namoro), também alguns mais românticos que outros.

 

Mas esse é o caminho fácil. Isso e fazer trocadilhos com o meu nome. Por isso, neste Dia dos Namorados, vamos antes percorrer alguns exemplos de histórias de amor que serviram de pano de fundo a videojogos de renome. Eis os que me ocorrem mais frequentemente, sem nenhuma ordem em particular:

 

· Max Payne 2

 

Max Payne 2 - imagem

 

O amor é complicado. E a relação entre Max Payne e Mona Sax é um caos emocional. No primeiro jogo da série Max Payne a mulher e bebé do protagonista são assassinados por criminosos. A partir desse momento Max vive constantemente em busca de vingança e numa angústia combatida à base de analgésicos. No segundo jogo Max cruza-se com outra personagem em busca de vingança, mas a dor e a angústia nunca o abandonaram e a matança é uma constante à volta do par de protagonistas. O amor que nasce entre eles enfrenta obstáculos muito mais profundos que em qualquer habitual história de amor.

 

· Mass Effect

 

Mass Effect - imagem

 

Mass Effect é um épico de ficção científica. Além de sequências de ação e de inúmeras opções de diálogo entre personagens surge a opção de estabelecer relações mais íntimas com algumas das personagens. Na altura do lançamento do primeiro jogo da série houve polémica porque o jogo "permitia fazer sexo". Mas a verdade é que as relações em Mass Effect surgiam naturalmente, dependendo do relacionamento que ia sendo desenvolvido entre as personagens. E o culminar eram pequenas cenas de sexo, apresentadas como em qualquer telenovela de horário nobre. Ainda bem que os defensores da moral nunca repararam que no jogo era possível ter relações amorosas independentemente do sexo das personagens...

 

· Shadow of the Colossus

 

Shadow of the Colossus - imagem

 

A segunda das três obras-primas de Fumito Ueda é uma sequência de combates de um jovem guerreiro com inimigos gigantescos (os Colossos). Que mal fizeram esses Colossos? Não sabemos. Mas a amada do nosso jovem herói morreu e ele quer desesperadamente fazê-la voltar à vida. Matar os Colossos foi o exigido por uma divindade para conceder o desejo ao herói apaixonado e, um após o outro, sem justiça aparente, ele mata cada um dos monstros gigantescos. E a cada um que mata, morre mais um pouco da pureza do seu coração. No final, o sacrifício será maior do que o esperado.

 

· Gears of War 2

 

Gears of War 2 - imagem

 

Gears of War é um jogo de guerra. Talvez por isso a história de Dom e Maria sobressai bem mais do que poderíamos esperar à partida. Dom é um dos soldados da nossa equipa e, em Gears of War 2, a missão leva os Gear a investigar um ataque à cidade onde a sua esposa vive. O longo caminho até à cidade é cheio de angústia, pela incerteza sobre o que terá acontecido à sua mulher. O reencontro, claro, é cheio de drama.

 

· The Witcher 3

 

The Witcher - imagem

 

Um pouco à semelhança da saga Mass Effect, em The Witcher o herói Geralt pode envolver-se em romances com várias personagens. Mas a relação com Yennefer é especial. Yennefer acompanha Geralt como aliada em várias aventuras e os destinos de ambos foram unidos magicamente por um Djinn (uma espécie de Génio). Em The Witcher 3, Yennefer pede ajuda a Geralt para derrotar um segundo Djinn, com o objetivo de remover a união mágica entre os dois. O resultado? Em vez de perderem o interesse um pelo outro descobrem que se amam ainda mais agora que os seus sentimentos não são forçados por nenhuma magia.

 

· Catherine

 

Catherine - imagem

 

Ao contrário dos outros exemplos desta lista, Catherine é mais sobre a luxúria do que sobre o amor. Ou melhor, é sobre a tentação e o sentimento de culpa. Vincent tem uma namorada mas quando conhece a bela e atrevida Catherine... A rapariga está sempre a tentar seduzi-lo e o jovem Vincent não é de ferro. As sequências de jogo ao estilo teledrama da vida real são entrecortadas por níveis de ação passados nos pesadelos de Vincent com o medo de ser descoberto... entre outros receios. Genial!

 

· Uncharted 4

 

Uncharted 4 - imagem

 

O romance entre Nathan e Elena está lá desde o início, mas é no quarto capítulo da saga que o seu amor é colocado à prova. A chama entre eles está a apagar-se e não é só a chama do amor. Ambos deixaram a sua vida de aventureiros e caçadores de tesouros e isso também tem os tem desmotivado. Nathan acaba por mentir a Elena para poder embarcar numa nova aventura sem que ela saiba. Mas mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo... Elena descobre. E é aí que a relação vai realmente ser posta à prova.

 

· Prince of Persia: The Sands of Time

 

Prince of Persia The Sands of Time - imagem

 

A história foi recontada no filme com o mesmo título, mas não chega aos calcanhares do jogo. No filme há um final feliz, mesmo que a princesa não se lembre dos eventos que a levaram a apaixonar-se pelo príncipe. O jogo aborda a história de forma mais dramática: No final da aventura o príncipe usou os poderes das Areias do Tempo para salvar a sua amada da morte, retornando ao momento em que a aventura começa. Mas por isso a princesa não se lembra de nada... nem sequer o conhece. Toda a narrativa do jogo é na realidade o príncipe a contar a história da sua aventura conjunta na esperança de reconquistar o seu amor.

 

E vocês? Têm alguma história de amor nos videojogos que queiram partilhar nos comentários? Hoje é o dia para isso!

publicado às 09:21

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.