Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Este é o novo entretenimento

O futuro foi há bocadinho. O Coliseu dos Recreios vai receber a YouBattle.

 

Enquanto analistas e membros da indústria discutem como o Netflix e outros serviços de vídeo se estão a sobrepor à Televisão "clássica", com os telespetadores cada vez menos dispostos a esperar pela hora de emissão de um programa ou série e a preferirem assistir no dia e hora que lhes der mais jeito, é fácil não reparar que o entretenimento já vai bem mais lá à frente.

 

Mais do que optar por ver programas de TV (ou programas no formato de TV) de forma não-linear, já há uma enorme audiência a optar por ver outro tipo completamente diferente de vídeos. Vídeos que não foram necessariamente criados por estúdios de Televisão ou grandes produtoras. É todo um novo segmento de entretenimento, que em grande parte está alicerçado nos videojogos. Os meus 2 exemplos preferidos: os Youtubers e os desportos eletrónicos.

 

Os "vídeos de malta a jogar"

 

Youtubers é claramente uma designação incorreta. Apesar da inegável relevância do serviço de partilha de vídeos da Google, a verdade é que o verdadeiro colosso dos vídeos de malta a jogar é o Twitch, comprado pela Amazon por mil milhões de dólares em 2014.

 

Mas não vamos perder tempo em detalhes. O cerne da questão é que há todo um universo de novos entertainers, que se tornaram famosos - aliás, autênticas estrelas - a partilhar vídeos em que jogam videojogos e comentam a experiência. E "famosos" e "estrelas" não são neste caso palavras vãs: estamos a falar de pessoas com milhões de seguidores e receitas anuais milionárias.

 

Os desportos eletrónicos

 

Apesar de ainda se poder considerar um nicho, a verdade é que este nicho já atinge audiências astronómicas. Está altamente profissionalizado e os torneios mundiais de alguns jogos atribuem prémios de milhões de dólares aos vencedores. Ah! E também esgotam alguns dos maiores estádios desportivos... numa hora. Mas se isso não bastar como exemplo, a cadeia televisiva norte-americana ESPN abriu recentemente uma secção dedicada aos e-sports.

 

E em Portugal?

 

No nosso país têm surgido vários Youtubers com grande audiência e claro talento. O mais referido é tipicamente o Feromonas, mas, fora aqueles que seguem o tema mais de perto, mesmo quem já ouviu o nome e sabe que é popular, tem pouca noção da dimensão do seu sucesso. Quantos seguidores tem o Feromonas? "Pensa num número elevado e multiplica por 100" costuma ser a minha resposta. Tem quase 3 milhões de subscritores no Youtube.

 

Nos desportos eletrónicos também há uma atividade saudável, incluindo alguns jogadores portugueses a ganharem títulos mundiais.

 

E enchem estádios?

 

Bem... O Coliseu serve?

 

Poster YouBattle

 

Dia 20 de março vai realizar-se a YouBattle. Duas equipas de Youtubers nacionais vão defrontar-se em vários jogos diferentes, ao vivo, frente a uma plateia que - espero - vai encher o Coliseu dos Recreios. Não é exatamente uma competição. Pela descrição dos organizadores será um espetáculo, uma performance. Haverá uma competição entre as duas equipas, mas numa ótica de boa disposição e convívio e interação com o público. Aliás, alguns espetadores serão convidados a ir ao palco jogar com os seus ídolos. E haverá mais surpresas.

 

É todo um espetáculo baseado em "malta a jogar", a comentar a experiência e a partilhá-la com o público. Uma nova forma de entretenimento. Um pouco à semelhança do que os DJs foram para a música (assistir a pessoas a meter discos a tocar?), mas num nível ainda mais lato.

 

O futuro foi há bocadinho. Quase que davam de caras com ele. Este é o novo entretenimento. Agora mesmo.

publicado às 16:39

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.