Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Vida Extra

Aventuras e desventuras no universo dos videojogos.

Apocalipse Now em videojogo

"The horror... The horror..."

 

O último estertor do Coronel Kurtz poderia perfeitamente servir para descrever a maioria dos filmes baseados em videojogos e dos videojogos baseados em filmes: um horror. Mas as exceções são possíveis e este projeto para criar um videojogo baseado no portentoso filme de guerra Apocalypse Now tem tudo para ser uma delas. Logo à partida porque é um esforço conjunto do realizador Francis Ford Coppola e de uma equipa de veteranos dos videojogos.

 

Mas sobretudo porque não é um jogo de tiros.

 

Apocalypse Now - logotipo

 

Tal como o filme, que retrata sobretudo o terror e insanidade que caracterizaram a guerra do Vietname, o jogo consistirá, segundo as palavras de Coppola, "não tanto em matar mas sobretudo em não ser morto".

 

Será um RPG - um jogo de interpretação de papéis (Role Playing Game) - e o papel que o jogador interpreta é o do Capitão Willard. O jogo seguirá o mesmo percurso e as mesmas situações que o filme, mas o jogador poderá tomar decisões e reagir de forma diferente do protagonista do filme, criando assim uma experiência própria.

 

 

Pelo meio, há que sobreviver no meio do mato. Recursos como munições, combustível e mantimentos serão escassos, sobretudo ao cruzar a fronteira com o Camboja. Desatar aos tiros será morte quase certa. São os elementos típicos de jogos de survival-horror, como o clássico Resident Evil.

 

E não é isso a guerra? O jogo Apocalypse Now parece assim manter-se fiel ao filme. Um horror, não na sua qualidade, mas sim na essência daquilo que retrata.

 

A equipa está à procura de financiamento na plataforma de crowdfunding Kickstarter. Visitem-na!

publicado às 09:49

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.